O impacto e a efetividade da vacina quadrivalente contra o HPV

O impacto e a efetividade da vacina quadrivalente contra o HPV

A Sociedade Americana de Infectologia publicou na principal revista de sua especialidade, Clinical Infectious Diseases (2016), o impacto e efetividade da vacina quadrivalente contra o HPV. Experiência de 10 anos em países em que a vacinação é realizada de rotina na população.
Sabe-se que o HPV é a doença sexualmente transmissível mais comum e é responsável por cerca de 10% de todos os cânceres em mulheres.
A vacinação reduziu em 90% os casos de infecção pelo HPV tipo 6, 11, 16 e 18 (tipos de vírus presentes na vacina quadrivalente), sendo que os tipos 6 e 11 são os principais responsáveis por causar as verrugas genitais e os tipos 16 e 18 são os principais responsáveis pelos cânceres de colo de útero, canal anal, cabeça e pescoço, entre outros. A vacinação reduziu as lesões de alto grau avaliadas nos exames preventivos de papanicolau em cerca de 70%.
Os estudos mostram que para se ter os melhores resultados são necessárias 3 doses da vacina e devem ser iniciadas se possível antes do início das atividades sexuais.
Entre em contato conosco, tire suas dúvidas sobre o HPV e vacinação.  
Aproveite os descontos especiais para a vacina HPV durante o mês de novembro!
Promoção válida até 30/11/2018.

Fonte:                                                                                                                                                                                                                                                                Real-world Results With the 4vHPV Vaccine. Clinical Infectious Diseases 2016:63.

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.